quarta-feira, 28 de junho de 2017

Brasileiro de Endurance: Satti Racing supera dificuldades e vai ao pódio em Curitiba

Satti Racing em Curitiba

Uma prova de garra na superação dos problemas e de muitas novidades para a equipe. Assim foi a participação da Satti Racing nos 500km de Curitiba, no último sábado, prova válida como segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Endurance.


Para os pilotos do MCR #71 Turbo, Ian Ely e Daniel Claudino, a pista era novidade, o que requeria muitos treinos para reconhecimento do traçado ideal. A programação, porém, previa treinos apenas na sexta, e sábado apenas um treino. Com isto, a dupla foi melhorando seu desempenho com o decorrer das voltas da corrida. E, apesar de alguns problemas de freio, que é bastante exigido no final da longa reta, e de a alavanca de câmbio ter travado por duas vezes, a equipe superou as adversidades e conseguiu levar o carro até o final da competitiva prova, chegando em 7º na GP1 e 20º geral.


Ian Ely conta sobre as dificuldades: "Foi a prova em que tivemos mais dificuldades, foram poucos treinos para quem precisava aprender o traçado, no qual nenhum de nós havia andado. Melhoramos nosso tempo no classificatório, e conseguimos aprender bem a pista apenas durante a corrida, mas ficamos longe dos principais adversários. Estamos contentes de termos concluído a prova e felizes com o nível do campeonato, com quase 40 carros no grid."


Daniel Claudino também considerou que o pouco tempo de treino prejudicou o desempenho: "Tivemos pouco tempo para treinar, e como eram muitos carros, havia interrupções por bandeira vermelha, então foi difícil aprender a pista, o que acabou acontecendo durante a corrida. Tivemos problema com a alavanca do câmbio travada, que nos obrigou a duas passagens pelos boxes, numa delas precisamos ser rebocados. Ficamos em 7º na categoria, porém muito mais distante dos ponteiros do que esperávamos. Mas foi uma ótima experiência correr entre tantos carros e pilotos bons, e agora estamos contando os dias para Interlagos, onde haverá mais treinos, e já estamos trabalhando no carro."

MCR #96 foi ao pódio


Já o MCR #96 também passou por uma prova de fogo na qual a equipe Satti mostrou ser aguerrida e competente, jamais desistindo enquanto há alguma chance de voltar à prova. Aos dois pilotos que já haviam corrido na última etapa do Campeonato Gaúcho (o argentino Alejandro Cignetti e o riograndino Pedro Ávila) juntou-se o mineiro Miguel Mallaco, que tem vasta experiência em protótipos da classe P3. Durante a prova, uma quebra de embreagem foi prontamente solucionada pela equipe, que recolocou o carro para finalizar a prova, com a volta mais rápida do carro sendo anotada na parte final, com Pedro Ávila, e ainda rendendo um pódio na 3ª colocação da classe P3.



O chefe de equipe, Eduardo "Sattinho", fala sobre a odisséia: "Foi uma baita corrida, daquelas pra ficar na memória! Já sabíamos que não seria fácil, mas chegar em Curitiba e olhar os boxes cheios de carros de altíssima qualidade foi animador, foi recompensador participar daquele grande espetáculo". Sobre os carros da equipe, declarou: "O MCR #71 sofreu para acompanhar os diversos carros mais potentes e modernos, mas foi guerreiro até o final, e o #96, apesar de nos dar trabalho com a troca de embreagem, mesmo assim ainda finalizou com pódio! Essas coisas só acontecem no Endurance. Agora é foco total em Interlagos", completou.

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Endurance acontecerá no dia 30 de julho, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

A equipe tem o patrocínio de Satti Soldas, Lavoro John Deere, Bocchi Agrobios, Prathauto Restauração e Odeon.

Texto: Niltão Amaral
Fotos: William Donizeti Inácio

terça-feira, 27 de junho de 2017

Blog do Passatão no Ar #183 fala sobre os 500km de Curitiba


Blog do Passatão no Ar #183 - Automobilismo Gaúcho com Niltão Amaral, nesta terça, 27/06, ao vivo, como foi a 2ª etapa do Brasileiro de Endurance - 500km de Curitiba.



Assista o programa na janela acima!

Estamos ao vivo pelo Facebook. Para assistir vá até a página facebook.com/blogdopassatao, curta a página e seja notificado quando entrarmos ao vivo. 

O programa vai ao ar nesta terça, 20/06, às 22h00min, na página do Blog do Passatão no Facebook. Depois, fica disponível em versão gravada (assistir na janela acima).

Mora na zona norte de POA? Tá com fome? Pede um lanche do FEITICEIRO LANCHES agora pra assistir ao programa, pelo fone (51) 3344-3468!

Com o patrocínio de: Pro Tune Electronic Systems, Feiticeiro Lanches, Inbeauty Brasil, Big Odonto, Castelo Pack e Brazauto Mecânica Automotiva.

Para entrar em contato, utilize os comentários no link do vídeo no Facebook!

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Brasileiro de Endurance: Franco Pasquale/Tiel Andrade conquistam pódio nos 500km de Curitiba

MC Tubarão foi 3º em Curitiba

Uma prova bastante movimentada, com grid numeroso e alterações na liderança, com recuperação fantástica de Franco Pasquale/Tiel Andrade (Tubarão #5 Duratec Turbo). Assim foi a prova "500km de Curitiba", válida como 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Endurance.

Com 39 carros inscritos e muitos carros de alto nível, a prova prometia muitas disputas, e a expectativa seria plenamente confirmada. Na tomada classificatória, a dupla de pilotos de Gramado/Campo Bom colocou o Tubarão #5 na sétima posição do grid de largada.

Na primeira parte da prova, o domínio foi de carros "GT" até a primeira janela, com Porsche, Audi R8 e Lamborghini liderando. Após a primeira janela, quando Franco Pasquale assumiu o comando do Tubarão #5, logo após a saída do safety car, o piloto assumiu a ponta da prova, superando o Porsche #20 de Ricardo Maurício/Marcel Visconde. Nesta hora, porém, a sorte virou, e o carro apresentou uma vibração considerável na dianteira, obrigando Franco a realizar um pitstop extra por motivos de segurança, o que acabou acarretando uma perda de voltas que poderiam fazer a diferença no final.

Após voltar para a pista, Franco chegou a cair para a 11ª colocação, porém fez um brilhante stint de recuperação, entregando o carro para Tiel, que seguiu num ritmo forte, colecionando voltas rápidas e, apesar de não ser possível recuperar a ponta da prova, a dupla finalizou numa excelente 3ª colocação, o que pode ser considerado positivo após o contratempo sofrido. A vitória ficou com o Porsche #20, seguido do MR18 #117 de Padrón/Fortes.


Franco Pasquale conta como foi a prova: "Foi muito disputada. Entrei no carro na primeira janela e na quinta posição, consegui andar em um ritmo forte e consistente e aproveitando as entradas do safety car, assumi a ponta. Mas durante a minha tocada, a dianteira começou a vibrar então decidimos parar no box para ver o que estava acontecendo, perdemos a liderança e conseguimos o terceiro lugar, e aí ficamos até o fim da corrida. Agora estamos em segundo no campeonato, já estamos trabalhando para Interlagos, para tentarmos reassumir a liderança do campeonato", disse.

A próxima etapa do Brasileiro de Endurance será dia 30 de julho, no Autódromo Internacional de Interlagos.

A equipe tem o patrocínio de Moinho Vacaria, Leal Construções, Noko Química, Eurobike, Yokohama, Atout, Pro Tune e Bio-Circle.

Texto: Niltão Amaral
Fotos: Ricardo Saibro e Ricardo Guimarães/MS2

sábado, 24 de junho de 2017

Porsche de Ricardo Maurício/Marcel Visconde vence os 500km de Curitiba

Hoje era o dia dos GTs  se darem bem (Foto: William Inácio)

Uma prova movimentada, com rodadas, acidentes, quebras e mudanças na liderança. Assim foi a prova "500km de Curitiba" neste sábado, válida como 2ª etapa do Brasileiro de Endurance.

A pole foi do protótipo AJR Honda Turbo #28, que com Juliano Moro na "boléia" DESTRUIU os cronômetros, cravando a pole na casa de 1:15, colocando 1s no Porsche de Ricardo Maurício/M. Visconde. Apesar do excelente desempenho, o carro ainda carece, aparentemente, de mais quilometragem, pois abandonou já na 8ª volta com problema de motor.

Na largada, o Porsche e o Audi R8 de Valério/Ebrahim pularam na frente. Até chegar na primeira janela, tínhamos três carros GT na liderança. Aparentemente não era o dia dos protótipos. O Tubarão #5 de Franco/Tiel chegou a fazer um pit devido a uma vibração, logo voltou, mas este tempo poderia ser a diferença para vencer.

Após a primeira janela, porém, o MR18 #117 de Padron/Fortes assumiu e manteve a liderança, até que após a última janela, Ricardo Maurício reassumiu o Porsche e imprimiu um fortíssimo ritmo, virando entre 1:19/1:20, não dando chance e vencendo, seguido do MR18 e do Tubarão #5.

Abaixo, os vencedores por categoria e, após, a planilha do resultado final.

GP1: Porsche 911 GT3R - Ricardo Maurício/Marcel Visconde
P2: MRX Honda 16v - Aldoir Sette/Marcelo Campagnolo
P3: Tubarão VW - Marcelo Vianna/Júlio Martini
GT1: Sonic Stock V8 - Beto Giacomello/André Senger
GT2: Peugeot Stock 6cil - Borlenghi/Reis
T: Gol G4 - Ricardo/Juarez Terres/Pedro Ávila

Resultado final 500km Curitiba

Assista aos 500km de Curitiba ao vivo em vídeo


Assista aos 500km de Curitiba em streaming na janela acima! Transmissão com o patrocínio de Dopamina Mindful Drink.

A primeira parte do vídeo mostra o Brasileiro de Marcas 1600. A transmissão da Endurance começa com 1h30min de vídeo.

A cronometragem é no seguinte link: http://cronoelo.com.br/livetiming.php?event=1292

Assista a alguns comentários de Niltão Amaral ao vivo pelo facebook.com/blogdopassatao durante a prova.

AJR #28 "derruba a casa" e faz pole com temporal em Curitiba

AJR derrubou os cronômetros em Curitiba (Foto: Rodrigo Guimarães)

Juliano Moro comemora pole com temporal

Quando os rápidos tempos de sexta já assustavam, talvez não se imaginasse que ainda "tinha mais suco" entre os carros do Brasileiro de Endurance, 500 de Curitiba.

O AJR #28 Honda K20 Turbo de Juliano Moro/Tigrinho/Oswaldo Scheer fez o impressionante tempo de 1:15.737, colocando 1s de vantagem no Porsche 911 GT3R #20.

Veja abaixo os tempos para a largada de logo mais!

Tomada de Tempo - 500 Km de Curitiba 
1) 28-O.Scheer/C.Almeida/J.Moro (GP1), 1:15.737
2) 20-M.Visconde/R.Mauricio (GP1), 1:16.787, à 1.050
3) 65-N.Cintra/J.Ribeiro (GP1), 1:17.316, à 1.579
4) 44-B.Valerio/F.Ebrahim (GP1), 1:17.755, à 2.018
5) 35-J.Bana/D.Bana (GP1), 1:17.852, à 2.115
6) 117-F.Fortes/E.Padron (GP1), 1:18.497, à 2.760
7) 5-T.Andrade/F.Pasquale (GP1), 1:18.542, à 2.805
8) 31-M.Sant`anna/W.Freire/K.Junior (GP1), 1:19.477, à 3.740
9) 18-L.Varassin/P.Varassin/F.Poeta (GP1), 1:19.826, à 4.089
10) 37-S.Turvey (GP1), 1:20.811, à 5.074
11) 75-H.Assuncao/F.Ohashi (P2), 1:21.937, à 6.200
12) 80-A. Finardi/C.Antunes (GP1), 1:22.055, à 6.318
13) 6-R.Kastropil/P.Totaro/V.Roso/ F.Rosso (GP1), 1:22.091, à 6.354
14) 71-I.Ely/D.Claudino (GP1), 1:22.676, à 6.939
15) 25-N.Faustini/M.Salla (GP1), 1:23.193, à 7.456
16) 7-M.Campagnolo/A.Sette (P2), 1:24.340, à 8.603
17) 69-M.Vianna/J.Martini (P3), 1:25.157, à 9.420
18) 32-M.Kern/P.Sousa (P2), 1:25.453, à 9.716
19) 56-R.Simon/G.Simon (P3), 1:25.756, à 10.019
20) 3-C.Crestani/J.Sala (P2), 1:26.487, à 10.750
21) 155-R.Mendes/C.Kray/T.Tecchio (GT1), 1:26.523, à 10.786
22) 10-P.Ventura/P.Ferter/M.Karam J.Cordova (GT1), 1:26.811, à 11.074
23) 99-G.Borlenghi/R.Reis (GT2), 1:28.376, à 12.639
24) 17-A.Senger/H.Giacomello (GT1), 1:28.390, à 12.653
25) 226-C.Leoni/M.Marcondes/L.Borguesi (P2), 1:28.589, à 12.852
26) 131-R.Bonora/R.Holtimann (P3), 1:29.278, à 13.541
27) 46-P.Rutzen/V.Verardi/G.Martins (GT1), 1:29.910, à 14.173
28) 64-H.Visconde/S.Ribas (GT1), 1:29.910, à 14.173
29) 78-Andre Varassin (P2), 1:31.902, à 16.165
30) 96-A.Cignetti/Mallaco/P.Avila (P3), 1:32.424, à 16.687
31) 66-E.Bucci/B.Hofig (GT2), 1:32.994, à 17.257
32) 79-V.Penques/R.Furquim/C.Leoni (P3), 1:34.452, à 18.715
33) 40-A.Pardo/D.Pardo (P3), 1:34.630, à 18.893
34) 100-R.Rena/R.Rossatti (GT2), 1:36.143, à 20.406
35) 8-V.Martins/F.Martins/J.Vilella (P3), 1:37.325, à 21.588
36) 30-A.Sermann/G.Sermann (T), 1:38.055, à 22.318
37) 88-J.Terres/R.Terres/P.Avila (T), 1:49.680, à 33.943

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Veja os tempos de sexta dos 500km de Curitiba

Porsche e AJR foram os mais rápidos da sexta

Finalizado o dia de treinos livres para a 2ª etapa do Brasileiro de Endurance em Curitiba. E o mais rápido de sexta foi o Porsche 911 GT3R da dupla Ricardo Maurício/Marcel Visconde, que impressionou no primeiro treino cravando na casa de 1:17. No terceiro treino do dia, repetiu façanha e melhorou alguns décimos, porém o protótipo gaúcho AJR Honda K20 Turbo #28 respondeu e virou também na casa de 1:17, apenas 0,5s atrás da supermáquina alemã. Os dois carros foram quase 3s mais rápidos que o 3º colocado nos tempos consolidados (protótipo Predador Audi Turbo #35, de Jair e Duda Bana, com 1:20,508). 

Chama a atenção o bom grid de 39 carros (em contraste com as provas do gaúcho, que ficaram esvaziadas na atual temporada).

A prova de amanhã terá largada às 13h e transmissão via interneet. Fique ligado que assim que o link for ao ar disponibilizaremos aqui no blog.

Confira, abaixo, os tempos (consolidado levando em conta os 3 realizados):

Tempos consolidados da sexta (Fonte: Cronoelo)