segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Luiz Sena Jr treina para temporada do Mercedes Challenge

Primeiro contato do piloto com a Mercedes CLA

Um grande nome do automobilismo gaúcho, que vem nos representando há alguns anos nas categorias nacionais, e que recentemente anotou em seu currículo mais uma importante vitória, na prova "6 Horas de Guaporé". Estamos falando do "guerreiro", o caçapavense radicado em Caxias do Sul, Luiz Sérgio Sena Vargas Jr, mais conhecido por aqui como SENINHA.

E tudo está se desenhando para que tenhamos Seninha novamente na briga por um título brasileiro em 2017: o piloto está em preparativos para disputar o Campeonato Brasileiro de Mercedes Challenge, no qual foi vice-campeão em 2015 na classe C250. O desafio, porém, agora, é diferente: a preparação é para disputar a classe principal, com os carros CLA da marca alemã, mais potentes e com tração integral.

Treino em Tarumã, no último fim-de-semana

A participação não está ainda 100% confirmada, mas está bem encaminhada. Segundo o piloto, os patrocínios já estão fechados, e agora tudo depende do desempenho nos testes, pois só haverá sua participação no campeonato se houver reais chances de ser campeão. Após treino no Velopark, na última quinta, o piloto concedeu entrevista ao Blog do Passatão: "Foi a primeira vez que andei neste carro, e fiquei bem próximo dos melhores tempos da última etapa que teve naquele autódromo, o tempo que viramos nos colocaria já entre os dez mais rápidos, mesmo com o pneu sendo usado e de um composto mais duro". O piloto ainda fez mais treino em Tarumã, na sexta.

"Não tenho palavras para agradecer aos patrocinadores, que rapidamente fecharam as cotas disponíveis. Se eu achar que tenho condições de ir para ganhar o campeonato, estarei confirmado, tenho mais 10 dias para definir, mas só depende do desempenho nos treinos, que encerrarão após o Carnaval, no Autódromo de Santa Cruz do Sul. Se for só para completar grid, não participarei", disse o aguerrido piloto.

Ficamos no aguardo! Esse é o velho e bom Seninha, que jamais vou esquecer a entrevista que deu para o programa 300 por Hora da Rádio Guaíba, horas antes da largada das 6 Horas de Guaporé, que disputou com o Gol #77: "Não tem estratégia, vou botar pra derreter. Se for pra quebrar, vamos quebrar na ponta!". E não é que botaram pra derreter (ele e Daniel Elias), e ganharam a prova, com um carro 1.6, à frente de carros com motor maior e/ou turbo?!

*Agradecimento à Schaefer Assessoria, que faz a divulgação do piloto.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Endurance terá compacto no canal BANDSPORTS

Endurance na TV, via Auto+

Novidades em relação ao pacote de mídia do Endurance. O programa Auto+, que é exibido no canal por assinatura BANDSPORTS, exibirá matéria sobre as oito etapas dos campeonatos Brasileiro e Gaúcho de Endurance. Além disso, será exibido um compacto com uma hora de duração mostrando os melhores momentos das corridas. O anúncio oficial foi feito hoje em release a Associação dos Pilotos de Endurance (APE).

A temporada começará dia 25 de março, em Tarumã. As provas a princípio serão nos sábados, mas haverá votação entre os participantes durante a primeira etapa para decidir.

Leia, abaixo, o comunicado:

A APE - Associação de Pilotos de Endurance fechou uma grande parceria com a Auto+ Entretenimento. O projeto envolve a cobertura das corridas e gestão completa de marketing do evento, incluindo gerenciamento do conteúdo para divulgação na imprensa e ativação nas redes sociais e website do Campeonato, ações que visam tornar o evento ainda mais atrativo para novos patrocinadores.

Dentro da parceria, o programa Auto+ realizará a cobertura das oito provas válidas pelo Brasileiro e Gaúcho, com de exibição de uma matéria no domingo seguinte a cada etapa, mais a apresentação de um compacto especial de uma hora, sempre pela BANDSPORTS.

"Estou muito feliz com a categoria. Sou apaixonado pelas corridas de Endurance e acredito que se trata de um excelente produto para ativação de marcas de diferentes segmentos.", destacou o CEO da Auto+ Entretenimento, Marcello Sant’Anna.   Para o presidente da APE, Henrique Assunção, a cobertura de TV vem dar novos rumos ao campeonato. "Temos um grid cheio, com mais de 40 carros, e para nós o objetivo principal era contarmos com a transmissão de TV, já que essa divulgação é essencial para um campeonato sólido como o nosso. A cada ano, com o apoio da FGA (Federação Gaúcha de Automobilismo), estamos evoluindo muito com novos patrocinadores, que veem no campeonato uma excelente plataforma de relacionamento", explicou.

A Auto+ Entretenimento é uma empresa criada com foco na produção e promoção de eventos automotivos. Em mais de dez anos de atuação no setor, atende as principais fabricantes de automóveis instaladas no país, produz e realiza o programa Auto+ (atualmente exibido pela BANDSPORTS e TV UOL), coordena a transmissão para TV da Porsche GT3 Challenge. Foi responsável também pela produção e promoção da categoria de Grand Turismo GT Brasil.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Blog do Passatão #172 abre a temporada 2017!


Blog do Passatão no Ar #172 - Automobilismo Gaúcho com Niltão Amaral, o primeiro do ano, traz as principais novidade da temporada 2017 que inicia em março, entre outros:

- Calendário;
- Regulamentos;
- A venda do Passat Canhão;

Estamos ao vivo pelo Facebook. Para assistir vá até a página facebook.com/blogdopassatao, curta a página e seja notificado quando entrarmos ao vivo. 

O programa vai ao ar nesta terça, 14/02, às 22h10min, na página do Blog do Passatão no Facebook. Depois, fica disponível em versão gravada (assistir na janela acima).

Mora na zona norte de POA? Tá com fome? Pede um lanche do FEITICEIRO LANCHES agora pra assistir ao programa, pelo fone (51) 3344-3468!

Com o patrocínio de: Pro Tune Electronic Systems, Feiticeiro Lanches, Tarumã Kart Clube, Worldcross Fotos e Vídeos, MGA Sistemas de Segurança, Big Odonto, Castelo Pack e Brazauto Mecânica Automotiva.

Para entrar em contato, utilize os comentários no link do vídeo no Facebook!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Au revoir, Passat Canhão!

Valeu por estes 10 anos, Passat Canhão!

A vida é feita de ciclos, e todo ciclo tem seu fim. E, após dez anos de carreras, chegou a hora de dizer um "até breve" para o Passat Canhão #8, que, mais que um carro de corrida que já faz parte da história do automobilismo gaúcho, virou blog, programa de vídeo na internet e emprestou seu nome para as mídias que criei.

Versão street, o começo.

Participando de Subidas de Montanha, versão 2009

Tudo começou em maio de 2007, com as provas da então Fórmula Classic em Guaporé. Mais que corrida, era um encontro de apaixonados por carros antigos e velocidade, que participavam com o que tivessem nas suas garagens, ainda que fossem carros de rua, sem banco concha, nem santo antônio, nem nada assim, convivendo em harmonia com carros de pista preparados em provas não-oficiais. Pois era o carro do Passat, que era um carro de rua que em 2007 e 2008 participou destas provas em Guaporé, e deppois em Tarumã, quando a FGA legalizou a categoria e criou o primeiro ano de Campeonato Gaúcho em 2009, com todos os carros adequados em segurança, virando carros de corrida (Passat com o interior transformado pelo experiente preparador "Zé" Laênio). Outras provas legais também foram as Subidas de Montanha, duas no Morro da Borússia, em Osório, e outras na Harmonia, em Teutônia,

O batismo de "Canhão" veio da procura por termos que significam carros rápidos, pois na minha família de doentes por carros VW sempre foi tradição dar nome próprio aos carros, principalmente pelo meu primo Ricardo Amaral, que teve, por exemplo, o "Passat BROCA" (que baita nome)! E assim o carro foi ganhando personalidade e ficando conhecido como PASSAT CANHÃO, por várias partes do Brasil e até nos países vizinhos.

Versão 2010, em parceria com "Leo" Tumelero

As primeiras temporadas oficiais foram em parceria com o Leonardo Tumelero, grande parceiro de pílotagem em 2009, 2010 e 2011. O título de Campeão Gaúcho de Fórmula Classic na Classe C (radial até 1.8) veio na temporada de 2010, fora outros vice.

Em 2012 corri sozinho, e no meio da temporada de 2013 passei a ter a baita parceria do Cleiton Krause, que estava começando e estreou comigo no Velopark em 2013, numa prova com muita chuva. A partir daí, passamos a ter parceria no carro.

Participei sozinho de duas largadas de 12 Horas de Tarumã (2011, prova de 52 minutos, e 2012 prova de 3 Horas dentro das 12h), e em 2014 veio a primeira e única participação integral nas 12 Horas de Tarumã, comigo, Cleiton e Moisés Rosemberg, na qual o carro foi muito valente e completamos 400 voltas, chegando em 4º entre os turismo nacional (beliscamos o pódio)...

Com Paulo e Silvio "Sabiá" em 2009

Com Schipper, Everton Braz (preparador/piloto) e Cleiton (que assume o carro)

Os "padrinhos" do carro e da nossa participação (minha e do Leonardo) no automobilismo são da família "Sabiá" Schonardie, foram nossos primeiros preparadores e coachs, principalmente o Paulo (com uma carreira muito bacana de mais de 20 anos de automobilismo) e o "Silvinho" (em esquecer o Roberto da MK, baita mão na suspensão). Em 2014, passamos a preparação para a Brazauto, do Everton Braz, que já tinha trabalhado com o carro quando estava na Mecânica Sabiá, e foi empreender seu negócio. Das mãos do Everton nasceu um motor 2.0 sem nada forjado que andou mais de 2 anos (incluindo 12 Horas de Tarumã e provas do Endurance Gaúcho) sem abrir, tendo apenas havido a troca de bronzinas uma vez. No meio destra história o Everton, que já tinha corrido na terra, além de baita preparador tornou-se também um excelente piloto de asfalto.

Vitória nas 6 Horas de Guaporé!

Com o MONSTRO Djalma Fogaça e Rafael Schipper

O ápice do carro se deu justamente na última temporada, com sua conquista mais importante (a meu ver), pela alta qualidade dos competidores: VENCEMOS AS 6 HORAS DE GUAPORÉ 2016 NA CAT. 2.0, prova que voltou a acontecer após 15 anos, com Niltão Amaral, Cleiton Krause, Everton Braz e Rafael Schipper). Outro momento histórico foi ter corrido a preliminar da Fórmula Truck em novembro de 2016, em Guaporé, tendo a parceria de pilotagem (além do Rafael Schipper) da LENDA, o MONSTRO DJALMA FOGAÇA na pilotagem. E uma frase inesquecível, e motivo de muita honra, vinda do Fogaça ao descer do carro: "Que autinho gostoso de guiar!". Outras peripécias do carro foram a participação na reinauguração do autódromo de Rivera e ter corrido em Curitiba com a Classic SP.

Uma das fotos mais espetaculares, by Gabriel Amaral

Bueno, devido aos altos custos gerais para competir no automobilismo, projetei um "ano sabático" para 2017, deverei ficar apenas dando uma brincada nos trackdays, que são baratos e oferecem grande tempo de pista disponível. Para não deixar o Passat parado e se deteriorando, e tendo em vista que o carro tem muito potencial para deixar de competir, resolvi negociar minha parte no carro com o Cleiton Krause, que passa a ser o titular absoluto. Estará em excelentes mãos e poderei ver o carro fazendo bonito nas pistas, pois deverá participar do excelente Campeonato Gaúcho de Super Turismo.

Mas a história não acaba. O "Passat Canhão" continua existindo como (de certa forma, e sem pretensão megalomaníaca) uma lenda do automobilismo gaúcho, pela sua história, e minhas mídias (Blog, página no FB, etc) deverão continuar adotando o nome BLOG DO PASSATÃO, que, aliás, vem desde 2009, fazendo aniversário de 8 anos agora em março.

Pretendo procurar um carro de corrida com configuração mais simples, com pneus radiais, para participação nos trackdays e - porque não - voltar a competir no futuro e, quem sabe, criar o Passat Canhão II?

Obrigado pelo carinho de todos pelo carro nestes dez anos. PASSAT CANHÃO ISN'T DEAD!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Barra lateral dos calendários atualizada

Super Turismo é novidade no calendário

Está atualizada a barra de calendários das categorias gaúchas de velocidade em asfalto 2017, na lateral direita do Blog.

Além da nova divisão dos fins de semana (Endurance/Fórmula e Marcas/1.4/Fusca/Classic), foi criado o calendário da mais nova categoria gaúcha, a Super Turismo, que terá três etapas em conjunto com o Marcas, mais as 6 Horas de Guaporé como prova avulsa, com provas aos sábados, conforme previsto em regulamento.

Em relação à Endurance, embora a organização da categoria tenha informado que as provas serão aos sábados, como não houve, ainda, nenhum tipo de manifestação da FGA, deixamos as datas aos domingos. A novidade é que o gaúcho terá 5 etapas, ao invés de seis, e incluímos as datas de Brasileiro da modalidade, que terá seis etapas, três delas em conjunto com o gaúcho, e três fora (Curitiba, Interlagos e Velo Città).

Veja das datas na barra lateral direita!

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Organização da Truck lança nota confirmando campeonato

Organização da Truck confirma campeonato

Após o comunicado da CBA lançado ontem, abrindo concorrência para empresas que queiram organizar a Fórmula Truck, a organização da categoria emitiu um comunicado hoje afirmando que o campeonato será realizado conforme calendário que já havia sido divulgado. Esclareceu que a marca FÓRMULA TRUCK é registrada no INPI, e pertence à empresa Racing Truck, de propriedade de Neusa Navarro, portanto a CBA só poderia organizar um campeonato com outro nome.

Em relação à filiação da categoria, a organização esclarece que está em discussão, pois como o campeonato terá etapas no Brasil, Uruguai e Argentina, a filiação, em tese, seria CODASUR.

A abertura do campeonato está marcada para o Rio Grande do Sul, no Velopark, dia 19 de março. O estado voltará a receber a categoria dos "brutos" no dia 08 de outubro, e Guaporé.

Abaixo, a íntegra do comunicado da Fórmula Truck:

Comunicado da Fórmula Truck
Primeira prova da 22ª temporada será no dia 19 de março no Autódromo Velopark, no Rio Grande do Sul.
Santos (SP) - Devido aos fatos dos últimos dias, a Fórmula Truck se posiciona a respeito do assunto relativo à realização desta que será a 22ª temporada da mais popular categoria do automobilismo da América do Sul. O calendário deste ano já foi divulgado na semana passada e agora a Fórmula Truck esclarece a respeito de um comunicado distribuído ontem (30 de janeiro) pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), entidade que rege o esporte a motor em todo o Brasil.
A marca Fórmula Truck é registrada há mais de 20 anos e a detentora é a empresa Racing Truck, de propriedade de Neusa Navarro, presidente da Fórmula Truck, e seus filhos. A comprovação da propriedade pode ser encontrada no link: https://gru.inpi.gov.br/pePI/servlet/MarcasServletController?Action=detail&CodPedido=762522. De acordo com normas legais, nenhuma empresa, pessoa física ou qualquer outra entidade pode fazer uso da marca ``FÓRMULA TRUCK``sem a expressa autorização da Racing Truck.
Quanto ao pedido (citado no release) de registro da marca ``Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck CBA Confederação Brasileira de Automobilismo``, nada mais é do que um pedido que aguarda julgamento do mérito, pois no meio da citada marca solicitada consta uma marca ativa e da mesma classe. Isso mostra que a CBA jamais poderia fazer uso de uma marca que não lhe pertence legalmente. A entidade pode realizar um campeonato de caminhões, mas desde que com um nome (marca) que não pertença a outra empresa com marca registrada na mesma classe.
A Fórmula Truck também esclarece aos seus patrocinadores, aos fãs da categoria e à imprensa em geral, que não tem qualquer tipo de dívida com a Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). Todas as taxas previstas no contrato, encerrado em 31 de dezembro de 2016, foram religiosamente pagas.
O calendário da Fórmula Truck foi finalizado na semana passada e distribuído a pilotos, equipes e à imprensa em geral. A venda dos ingressos para a etapa de abertura, dia 19 de março, no Autódromo Velopark, no Rio Grande do Sul, será aberta nos próximos dias, como tem acontecido nos últimos anos, através do site da categoria: www.lojaformulatruck.com.br
O assunto sobre a filiação da Fórmula Truck ainda está sendo decidido, pois como o calendário vai atingir três países (Brasil, Uruguai e Argentina), o campeonato deixou de ser somente brasileiro e passou a ser sul-americano.
Desde ontem, logo após o comunicado da CBA, o assunto sobre o futuro da Fórmula Truck tem sido amplamente discutido nos meios de comunicação e nas redes sociais. Nessas conversas muitas inverdades foram ditas e escritas por pilotos, jornalistas, blogueiros etc. Para evitar problemas e esclarecer a todos, a Fórmula Truck comunica que não existe uma divisão da categoria. A Fórmula Truck era e continua a ser única. Mais de cem pilotos e várias equipes passaram pela categoria nestas mais de duas décadas. Uns entram, outros saem, mas a Fórmula Truck continua firme e nunca teve outra essência além daquela inicial, dada pelo fundador Aurélio Batista Félix. Essa linha mestra se manteve nestes nove anos sob o comando de Neusa Navarro e seus filhos. Aurélio e Neusa viveram juntos durante 30 anos, com Neusa cuidando da parte administrativa desde a metade da década de 1990.
CALENDÁRIO DE 2017
19 de março - Velopark (RS)
9 de abril - Rivera (Uruguai)
7 de maio - Londrina (PR)
4 de junho - Cascavel (PR)
9 de julho - Interlagos (SP)
6 de agosto - Goiânia (GO)
3 de setembro - Caruaru (PE)
8 de outubro - Guaporé (RS)
5 de novembro - Argentina
26/11 ou 3/12 - Curitiba (PR)

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

CBA abre concorrência para organização da Truck e gera incertezas no mundo automobilístico

Comunicado gerou rebuliço nesta segunda

Após um ano com muitos comentários sobre a Fórmula Truck, a CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) lançou nesta segunda uma nota abrindo concorrência para a organização da categoria, que nasceu com Aurélio Felix e que, após seu falecimento, passou a ser administrada pela esposa Neusa Navarro e os filhos Junior e Dani.

Muitas especulações: a Vicar assumiria, passando a ter o monopólio total dos campeonatos brasileiros? Especula-se até alguns donos de equipe para a organização, e até mesmo que o campeonato pode virar monomarca. Ou até mesmo a própria organização atual possa continuar. Enfim, conjecturas normais quando se fala em mexer numa grande categoria.

Aqui no Rio Grande do Sul também há clima de apreensão, visto que Guaporé tem um dos maiores públicos da temporada e movimenta milhões na economia da cidade. Além disso, o Campeonato Gaúcho de Super Turismo pretende reeditar a parceria que ocorreu no último novembro, em Guaporé, e fazer uma etapa conjunta com a categoria dos "brutos".

Aguardamos as cenas dos próximos capítulos, até porque muitas famílias dependem desta grande categoria.